Recent Comments

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Doom: 20 anos fazendo medo

Oi pessoal, primeiro queria me apresentar, sou o Whiteshadowu(Que bela apresentação).

 Doom: De cabo a rabo

Podemos considerar Doom o pai dos FPS, pois o avô é o Wolfeistein 3D, também produzido pela ID Software. Na época, o Wolf3D casou uma certa controvérsia com sua "violência". Para nós, é bastante simples, mas o fator "sangue saindo de pessoas" não era muito comum no mundo dos games naquela época.
Além disso, ele trazia a visão (pseudo)3D. Apesar de tudo, o game não teve lá aquele impacto. Tempos depois, em 10 de dezembro de 1993, a ID lança DooM. Estima-se que sua versão DEMO (shareware), foi jogado por mais 15 milhões de pessoas ao redor do mundo. Além disso, é apontado como responsável pela popularização dos jogos em rede.
O jogo em sí combinava gráficos 3D com violência gráfica e elementos de suspense. Foi um marco no mercado dos games, influenciando a criação de outros jogos do gênero, que na época foram chamado de "clones de Doom". 









John Carmack desenvolveu um mecanismo gráfico de qualidade, o que fez DooM ser superior, nesse quesito.
As principais diferenças entre as engines de WOLFEINSTEIN 3D e DooM são:


  • Diferenças de altura (todas as salas em Wolfenstein 3D são da mesma altitude);
  • Paredes não-perpendiculares (todas as paredes em Wolfenstein 3D correm ao longo de um grid quadrangular);
  • Mapeamento de textura em todas as superfícies (em Wolfenstein 3D, o teto e o chão não tinham texturas); e
  • Nível variado de luz (todas as áreas em Wolfenstein 3D são completamente iluminadas com o mesmo brilho). Apesar de também contribuir para a autenticidade visual do jogo. isso provavelmente e mais importante ainda adicionou à atmosfera do jogo; o uso da escuridão como meio de amedrontar e confundir o jogador foi um elemento inédito nos jogos.
  • Plataformas podem subir e descer.
  • O chão pode subir em sequência para formar degraus
  • Pontes podem subir e descer
DooM foi "portado" para várias plataformas. Entre elas estão:

MS-DOS 
Windows 95 
Amiga Pc 
Macintosh 
Linux 
Windows XP 
Sega 32X 
Playstation
Super Nintendo 
3DO 
Atari Jaguar 
Sega Saturn 
Nintendo 64
Game Boy Advance
GameCube  
Xbox (como bônus de Doom 3) - 2005
Xbox 360 (Xbox Live Arcade) - 2006

Além disso, depois que o código fonte foi liberado pelo John Carmack em 1997, foram criados mais de 100 source ports (programas que rodam DooM, adicionando características exclusivas). Os mais famosos hoje em dia são o GzDooM, Skulltag, Risen 3D e Legacy.

 Arte: Começo

Adrian Carmack e Kevin Cloud foram os artistas principais do projeto. A maioria das imagens foram feitas a mão, porém algumas foram esculturas digitalizadas, como o personagem principal e o Cyberdemon. As armas vieram de fotos de brinquedos e a motosserra foi emprestada pela namorada de Tom Hall. Já as mãos que aparecem no game, são de Kevin Cloud. Don Ivan Punchats, criou o logo e capa. Seu filho Gregor ajudou a esculpir alguns monstros.

Bob Prince foi responsável pela criação das músicas, das quais a maioria foram inspiradas em músicas de metal, de bandas como Metallica, Pantera, Slayer, AC\DC e etc.

Polêmica

O nível de sangue em conjunto de imagens satânicas, que naquela época eram novidades em um game, causaram polêmica em vários grupos, principalmente nos religiosos. Foi chamado de "Simulador de assassino em massa" por um lider desses grupos.
O jogo também foi associado ao famoso caso do Massacre de Columbine, onde dois garotos, entraram em seu colégio disparando tiros em diversos colegas e professores. Ambos eram fãs do jogo, e um deles tinha até criado um mapa amador para o game.
                                                                                                                   



Eric Harris and Dylan Klebold

   Curiosidades:

* A arma BFG9000, é a abreviação de "Big Fucking Gun" (Arma grande pra C*aralho).
* A Soul Sphere foi projetada para ser uma "vida extra", porém esse conceito foi descartado.
* No episódio 2, na tela de intermission é possível ver a fase Torre de Babel ser construída, cada vez que você passa de fase.
* John Romero criou o termo Deathmatch, quando ele e John Carmack estavam criando o modo multiplayer do DooM.
* A fase "Slough of Despair" tem formato de uma mão.
* O protagonista de Doom (o marine), fez aparições nas versões para PC de Duke Nukem 3D e em Tony Hawk's Pro Skater 3.  

"Hmm, that's one "Doomed" Space Marine." - Duke Nukem.

GamePlay

Quem quiser baixar a versão para win7 é só clickar aqui

Até pessoal, Boa tarde para você :)
By WhiteShadowsu

O que você achou?

0 comentários:

Postar um comentário