Recent Comments

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Nostalgia Pura: Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars (Super Nintendo)

Publicadora: Nintendo  Lançamento: 1996 (E.U.A.)  Jogadores: 1

Essa tela inicial é mais que épica!!!
  Em 1996, o Super Nintendo já estava nos seus últimos suspiros. A 5ª geração de consoles domésticos já era uma realidade (O Playstation, da Sony, já havia sido lançado), e consequentemente, as Third-Parties já estavam migrando dos consoles 16 Bits para os 32 Bits (no caso da Nintendo, 64 Bits). Porém, o SNES, antes de parar de receber o suporte das thirdies e da própria "Big N", recebeu várias pérolas, como Super Metroid, Kirby Dream Land 3 e Super Mario RPG: Legend of the Seven Stars, sendo que este último será analisado agora.




Iniciando a jornada 
Bowser se preparando para raptar a princesa
  
  O jogo começa como a maioria dos jogos do Mario: A Princesa Peach Toadstool (nesse jogo, apenas Toadstool) foi raptada por Bowser, que mais uma vez pretende casar-se com ela para se tornar o rei de Mushroom Kingdom (Reino dos Cogumelos). Quando Mario percebe o ocorrido, obviamente ele vai até o castelo de seu Nêmesis (convenientemente localizado ao lado de sua casa) para resgatar sua amada. 


Agora a coisa ficou séria!!!
"A maioria das pessoas usa algo chamado  porta para entra e sair das suas casa"
  Após uma batalha bem agitada, ele vai até Peach para liberta-la, porém, uma espada gigante cai  no castelo, fazendo com que todos que estavam no covil do rei dos Koopas fossem lançados para bem longe. Mario cai em sua casa, e é recebido "gentilmente" por um Toad que estava esperando a princesa, já que ela havia passado várias horas longe do castelo. Após Mario contar o que aconteceu, o Toad pede para que ele volte para o castelo de Bowser para resgatar Peach. Chegando lá, a espada diz para o bigodudo que seu nome é Exor, e que ele faz parte da Smith's Gang (Gangue do Smith), além de que ele está lá para que a gangue possa usar o castelo como base, para enfim eles dominarem "o nosso mundo". Ele [Exor], sabendo do potencial que Mario tinha para estragar o plano deles, derruba a ponte. Agora o encanador decendente de italianos precisa, além de resgatar o amor de sua vida, salvar a sua dimensão!!! Nada mal para um jogo do Mario, não é? Agora que vocês já sabem qual é a história do jogo, está na hora de morfar falar sobre a jogabilidade, mas antes, vejam essa imagem épica *o* !!!




É ou não é épico *o* ?!!!

Subindo de Nível !!!
  
World Map do jogo, separado por "mundos"
  A maioria dos jogos do Mario possui jogabilidade excelente, e esse não é uma exceção. Mesmo sendo um RPG, os tradicionais e clássicos pulos do Mario estão presentes no jogo, tanto como ataque especial (irei falar sobre isso mais tarde), quanto durante a exploração pelo Mushroom Kingdom. Falando sobre exploração, o jogo é bem diversificado, possuindo desde cidades até torres gigantescas que alcançam as nuvens!!! Durante as batalhas, a jogabilidade também é fluente, sendo que cada botão de ação do controle original do Super Nintendo (A, B, Y e X) corresponde a um menu/comando diferente durante os combates:
Sistema de menus que aparece durante as batalhas

A: Usar o ataque normal do personagem, você pode escolher qual inimigo quer atacar. Se você apertar o botão no timing correto, conseguirá um Crtical Hit.

B: Fugir da batalha/Defender-se.

Y: Usar magias especiais que gastam Flower Points (F.P.), cada uma delas possui suas próprias peculiaridades.

X: Usar um item, você pode escolher em quem vai usar o item.


  Agora vamos falar sobre os ataques especiais, não entrarei em muitos detalhes, apenas explicarei um pouco sobre como eles funcionam. Como em todo RPG, nesse jogo também há ataques especiais que gastam algum tipo de energia (só que nesse game, ao invés de serem usados Magic Points [Pontos Mágicos], fomos agraciados com os Flower Points [Pontos de Flor]), só que nesse jogo todos os personagens possuem e usam os mesmos FPs, o que não chega a ser um problema tão grande, já que é possível aumentar o limite do status e as magias não gastam muitos FPs. 

Fire Orb!!!
Thunderbolt!!!



  Exemplos de ataques especiais:
  








Escolha bem seus aliados para cada momento
  Sobre os personagens, cada um possui suas peculiaridades: Mario possui ataques físicos bem poderosos e defesa média, Mallow possui um bocado de magias de ataque e cura, porém sua defesa é muito baixa, e assim por diante. Lembrando que só é possível colocar até 3 personagens ao mesmo tempo na sua equipe, então escolha bem. Para encerrar a parte da jogabilidade, vale ressaltar que ,dependendo do equipamento que algum membro do grupo estiver usando, o ataque básico dele mudará. 


  Há outros detalhes que poderiam ser apresentados, mas para a postagem não ficar gigantesca, terminamos por aqui.

Quem sabe da próxima, né?

Cruzando vales e florestas

Um console 16 Bits com gráficos de um 32?
  Agora nós iremos falar sobre os gráficos e o som, antes que esse Post se transforme numa dungeon gigantesca. Os gráficos do jogo não ótimos, conseguem passar a sensação de jogabilidade 3D (Ou seja, Pseudo 3D), provavelmente para manter o Super Nintendo de frente ao PS1 enquanto o Nintendo 64 ainda não era lançado. Mas, mesmo sendo bons, às vezes eles deixam a jogabilidade um pouco confusa, especialmente quando é necessário pular em plataformas, já que as sombras não ajudam em quase nada, 

Até pular nessa mola acaba ficando um pouco difícil



mas ainda conseguem ser satisfatórios o suficiente para que nós não fiquemos decepcionados com os mesmos.

  Os diálogos também são bem hilários e descontraídos, então prepare-se para ler conversas  como essa:
Esses Toads...



-Por que você não parou aquele ladrão?
-----------------------------------------------------------------
-Porque eu esqueci minha bazuca em casa!






  Mas, como nem tudo são flores na vida, não são muitos os personagens clássicos que aparecem nesse jogo (sendo que até o Mario Verde Luigi ficou de fora (praticamente) !!!
Ao menos ele...Ela...ISSO apareceu no jogo


  Para terminar, está na hora de falar sobre as músicas. Sim, elas são ótimas, a mistura da essência da Nintendo com a da Square (atual Square Enix). Elas tem predominância medieval, assim como o resto do jogo. Ouçam duas das melhores músicas do jogo:



Conclusão e legado

  Como vocês podem ver, Super Mario RPG é um jogo que envelheceu bem, sendo que até hoje as suas músicas são reorquestradas, rereorquestradas, rerereorquestradas...Os gráficos ainda impressionam e a jogabilidade é geralmente boa, concluindo: esse jogo é atemporal!!! Lembrando que, se não fosse por esse clássico, hoje não teríamos títulos das séries Mario&Luigi e Paper Mario, sendo lançados regularmente para os consoles da Nintendo. Agora, vamos avaliar essa maravilha o/ !!!

Jogabilidade: 8.5 -----Som: 9.0 -----Nostalgia: 9.5
Gráficos: 8.0 -----Diversão: 8.5 

Nota Final: 8.7

"Wahuu!!! I'm a Super Star!!!"
  Um título que mostra que a franquia mais rentável e duradoura da Nintendo sempre        pode se reinventar, criando um novo mundo a partir de uma história clássica e            antiga, jogue esse jogo enquanto ainda pode, porquê nenhuma imperfeição                 consegue mudar o que é fato: esse jogo ficará lapidado como uma pérola da cultura Gamer ;D !!!!                                                                                                                                         
PS: Desculpem-me pela matéria não estar tão detalhada, eu achei que a matéria estava grande demais, então achei melhor para por aqui mesmo :| ...

O que você achou?

8 comentários:

  1. muito bom gostchei:)

    ass:Dener

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse jogo ,faiz um detonado do Crono tigger blz:)

    ResponderExcluir
  3. Adorei gostei muito da parte da bazuca kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz em saber que gostaram '^^ !!! Talvez depois que eu zerar essa joia sagrada, eu faça um detonado, mas enquanto isso não acontece eu continuo com essas análises :D !!! Eu estou procurando por um jogo clássico pra analisar amanhã (e fazer uma análise mais completa demorando menos tempo pra terminar), então, estou aberto a sugestões XD , talvez Super Smash Bros. como me sugeriram essa semana...

    ResponderExcluir
  5. Esse é um dos meu jogos favoritos, acho que eu daria uma nota final um pouco maior, mas adorei mesmo estou seguindo segue de volta?
    http://www.snestalgia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu também acho esse jogo incrível :D , só que quando se analisa um jogo não se pode deixar a opinião pessoal interferir na análise (Ex: Alguém faz uma análise de Battletoads, mas como acha os personagens sem carisma dá uma avaliação ruim), então nessas análises eu tento ser o mais neutro possível ;D !!!

    ResponderExcluir